top of page

Van Gogh - Por que foi tão Importante?

As obras e a história de vida do pintor holandês Vincent Van Gogh são extremamente ricas e interessantes. Atualmente, ele é conhecido como um dos maiores pintores da história.


Mas o que tem de tão especial nesse artista? Por que as obras dele são tão valorizadas assim? Qual o motivo dele pintar o que pinta?


Tudo isso, vamos abordar neste blog.


Vamos falar sobre o que fazia Vincent Van Gogh.

Nascido em 1853, em Zundert na Holanda, era pintor e desenhista. Mas não era um artista qualquer: ele era um artista obcecado. Pintava exaustivamente. Em pouco mais de dez anos, ele criou mais de duas mil obras de arte.


Sofreu de depressão, e de acordo com o estudo da Universidade de Medicina de Groningen, baseado na análise de 902 cartas que ele havia escrito principalmente para seu irmão e para sua família, sofria também de alcoolismo, transtorno bipolar e traços de borderline. Todas essas coisas combinadas, juntamente com a desnutrição (Van Gogh era pobre e passava fome), ele teve uma crise em que cortou a própria orelha.




Ele se mudou muitas vezes de cidade, sempre buscava novos lugares e novas paisagens para se inspirar. Suas obras eram pós-impressionistas (diferente do impressionismo, o pós-impressionismo distorce as formas e utiliza luz não natural). No entanto, ele também pintou muitos retratos, embora os mais conhecidos sejam autorretratos. Alguns dos autorretratos mais famosos dele foram pintados em Saint-Rémi, e todos eles exibindo o lado direito do rosto, sempre escondendo a orelha mutilada. As suas que obras continham pessoas são totalmente expressionistas.


Morreu em 1890, por conta do agravamento do seu estado de depressão, disparou um revólver contra seu próprio peito no dia 27 de julho de 1890.


Nas suas obras, ele utilizava muito o amarelo e o azul. Essas cores eram quase que pilares centrais de grande parte das suas obras. Noite estrelada é de longe, sua obra mais famosa, que exibe bem a utilização do azul.


Agora que já falamos sobre quem era esse grande artista, ainda falta responder uma pergunta: Por que as suas obras encantam tantas pessoas?


Vou contar uma história. Minha avó, visitou uma exposição de arte, com algumas obras de Van Gogh. Ela não se lembra ao certo do lugar ou da época, infelizmente.

Quando ela pôs os olhos sobre uma das obras desse artista, ela ficou maravilhada. Eram flores. Lindas flores em um pequeno vaso. Ela observou aquela pintura por um bom tempo, e começou a chorar.


Muitas pessoas afirmam que se sentem uma emoção indescritível ao olhar para uma das obras dele pessoalmente. É quase como se fosse algum tipo de piada interna entre o artista e o observador.


Sua técnica é muito boa, muito expressiva, as cores muito bem selecionadas, mas só isso não é o suficiente para explicar o fenômeno que é Van Gogh.


Sou forçado a acreditar que, Vincent Van Gogh, de alguma forma, conseguiu expressar sentimentos e sensações de forma tão genuína em suas telas, que essas emoções perduram nas suas obras até os dias de hoje.


Ele não pintava exaustivamente para simplesmente produzir muitas obras. Ele pintava exaustivamente numa tentativa quase que desesperada de se expressar. E conseguiu.


Quando um artista coloca coração e alma na produção de uma tela, os resultados são, com certeza, magníficos e curiosos.


E você, qual a sua opinião? Deixe nos comentários o que você acha sobre esse grande pintor.


Escrito por:

Caio Ramírez :)

Commenti


bottom of page