top of page

O que é uma obra de arte bem feita?



Todos os dias, ouvimos pessoas falando que "os quadros abstratos não são bem feitos" ou "as telas realistas são muito sem sal". Afinal, o que determina se uma obra de arte é boa ou não?


Muitos fatores devem ser analizados para se dizer com precisão se uma arte é boa. No fim das contas, a resposta é sempre muito pessoal. Todos nós temos nossos próprios gostos, manias e afetos específicos. Alguns gostam de quadros mais delicados, outros preferem artes absurdas e surreais.


No entanto, pode-se traçar uma característica que faz uma obra ser boa ou não.


A sua utilidade.


A arte, como qualquer outro objeto, conceito ou ideal, traz consigo um significado, um motivo de existir. A utilidade de um quadro surrealista é atiçar a imaginação do observador. A utilidade de um quadro decorativo é ser belo no seu ambiente, com recursos estéticos de cores e formas. Retratos e paisagens devem ser detalhados para registrar uma pessoa, lugar ou momento especial para alguém.


É aí que entramos na execução de uma obra. Em uma tela abstrata, esperamos caos, formas distorcidas, camadas de tinta pra lá e pra cá. No momento que começamos a colocar elementos figurativos e detalhes realistas na arte abstrata, ela perde seu proposito. Perde o seu charme caótico, sua premissa para existir.



Da mesma forma, a pintura de uma paisagem se torna desagradável aos olhos se tiver uma execução de baixa qualidade, com perspectiva mal feita, linhas tortas e ausência de luz e sombras.


Cada artista tem um propósito para sua obra no momento que ele está pintando ela. No momento que ele termina de pintar, ele sabe, no fundo de seu coração, se ele atingiu essa meta, cumpriu o proposito da obra, ou não. E com isso, podemos definir se um trabalho foi bem executado ou não, de acordo com a sua premissa.


Muitas vezes, a premissa é mal entendida, ou muito nichada para o público em geral. Talvez, aquilo que é "feio, mal feito ou desagradável" para alguns, possa ser o tesouro artístico de outros. Assim como cada obra de arte tem seu propósito, cada pessoa tem suas necessidades, que devem estar em sintonia com o que o quadro pode propor. Numa relação de mutualismo, o ser humano e a arte criam um vínculo forte, sublime, de apreciação visual e sensorial.


Meu nome é Caio Ramírez, e te recomendo buscar esses momentos de sintonia com arte. Venha nos visitar na Arte12b!


Até a próxima!

Comments


bottom of page