054 3878 3723

Rua Dr. Ricardo Stumhoffel, 120, Centro,

Gramado, RS

Investir em obras de arte

Atualizado: 11 de Out de 2019



Obras de arte costumam ser um ótimo investimento financeiro de longo prazo. Os preços das obras e a sua rentabilidade estão deslocados do cenário econômico – isso significa que esse tipo de investimento costuma manter os valores estáveis mesmo em épocas de crise. Diferente de ativos financeiros de renda variável, por exemplo.

Para um investidor iniciante ou para um colecionar, é importante informar-se sobre o artista antes da compra. Pesquise o seu currículo, suas últimas exposições e leia críticas da imprensa. Solicite a galeria de arte o certificado de veracidade da obra e guarde-o. Se o seu interesse for revenda, este documento irá agregar valor.

Respeite o seu gosto pessoal, independe se a sua intenção for decorar a casa ou investir. “Se a obra vai valorizar ou não, este é outro quesito. Comprar algo que você não gosta achando que está fazendo um bom negócio pode ser um sacrifício” comenta o advogado Pierre Moreau, professor da PUC-SP.

Para quem aprecia arte e pretende rentabilizar, é necessário dedicação e aprendizado. Converse com galeristas, informe-se sobre os melhores artistas da casa, busque opinião de curadores, frequente vernissages e leilões de arte. Assim como qualquer outro negócio lucrativo, é necessário estudar e estar bem informado.

#investiremarte #mercadodearte #leilãodearte #investimentofinanceiro