As Deusas e a Mulher Moderna - conheça a nova séria da artista plástica Alessandra Pauletti

O feminino e seus mistérios fazem parte do trabalho da artista plástica Alessandra Pauletti.


A jovem artista vem se destacando no cenário nacional e internacional, com suas obras que misturam a relação e representação entre mulheres e deusas.


Essa ligação é representada na pintura de Alessandra através dos portais, que alem de conectar o passado ao presente, também penetra o inconsciente às atitudes das mulheres modernas.


Alessandra Pauletti durante vernissage da exposição na Arte12b, que contou com suas obras, em 2019

AS DEUSAS E A MULHER MODERNA


Nesta nova séria, a artista plástica expressa o diálogo contido entre as deusas mitológicas e a mulher moderna, e como é possível acessá-los através de portais, que são representados em sua arte de maneira física e simbólica.


Embasada em pesquisas, a artista plástica presenta três deusas mitológicas: Thêmis, Héstia e a Mensageira dos Mundos. As obras propõem uma simbologia que busca resinificar a experiência feminina, trazendo à superfície atributos das deusas, para que elas se tornem mais ativas na personalidade de cada mulher.


Para Alessandra, é possível evocar esses símbolos mitológicos e arquétipos do inconsciente, através dos portais que estão presentes nas suas deusas, agindo como um espelho entre a mulher de hoje e as intuições femininas mais primitivas e misticas.


Abaixo você confere, em primeira mão, três as obras:


HÉSTIA


Normalmente esquecida no imaginário comum em relação aos outros deuses mitológicos, a Deusa Héstia possui um papel bastante importante dentro da Mitologia Grega.


Ela é considerada a Deusa da Lareira, e por isso está em todos os lares e templos, logo, é onipresente, assim como Zeus.


Também pode ser conhecida como a deusa do lar, da arquitetura, da vida doméstica, da personificação e da moradia estável.


É possível vê-la para além da maneira física, trazendo sua significância para a maneira como nos enxergamos e nos cuidamos.


Uma vez que somos o nosso próprio templo, invocar Héstia, é uma forma de encontrarmos o equilíbrio interno.


THÊMIS


Uma das mais importantes divindades da Mitologia grega, Thêmis era considerada a deusa da ordem e da justiça, dos bons conselhos e da sabedoria.


Thêmis era responsável por manter a ordem social e fazer a supervisão dos juramentos, ritos e cerimoniais.


Ela também era uma deusa profética que presidia os oráculos mais antigos. Nesse papel, ela foi a voz divina que primeiro instruiu a humanidade nas leis primordiais de justiça e moralidade, tais como os preceitos de piedade, as regras de hospitalidade, bom governo, conduta de assembleia e oferendas piedosas aos deuses.


Sua representação, até hoje é bastante difundida, principalmente em frente a edifícios ligados a justiça.


MENSAGEIRA DOS MUNDOS


Uma versão feminina do Deus Hermes, esta deusa é pensada como a ligação entre o mundo material e espiritual.


Através dela seria possível acessar nosso inconsciente, trazendo à tona nossa essência.


Em breve as obras estarão disponíveis em nosso e-commerce.

054 3878 3723

Rua Dr. Ricardo Stumhoffel, 120, Centro,

Gramado, RS